Comissão de Saúde da Câmara apresenta demandas ao Novo Secretário Municipal

Comissão de Saúde da Câmara apresenta demandas ao Novo Secretário Municipal Na tarde dessa terça-feira (17) a Comissão de Saúde da Câmara Municipal de Vitória da Conquista se reuniu com o novo Secretário Municipal de Saúde, Juca Fernandes, nomeado no mês de junho. Durante o encontro, a Comissão explicou sua atuação como agente fiscalizador das … Leia Mais


Professores municipais paralisam atividades nesta quarta-feira (11

Em mais uma rodada de negociações nesta terça-feira (10), professores municipais e prefeitura de Vitória da Conquista não entraram em entendimento. O Sindicato do Magistério Municipal Público de Vitória da Conquista – SIMMP está convocando todos os profissionais da educação a paralisarem as atividades nos três turnos nesta quarta-feira (11). A mobilização começou às 8h30 … Leia Mais


Câmara da cheque em branco a Pereira; com 20% de remanejamento, não há necessidade de orçamento: Quá!

Câmara aprecia pedido de suplementação orçamentária do Executivo Na manhã desta terça-feira, 10, a Câmara Municipal de Vitória da Conquista (CMVC) se reuniu em duas sessões extraordinárias para apreciar o projeto de lei do Executivo, nº 009/2018, que trata de alteração na margem de autorização de abertura de crédito suplementar decorrente de anulação parcial ou total de … Leia Mais



Governador Rui Costa é o mais novo cidadão conquistense

Durante o ato de reabertura do Centro de Cultura Camillo de Jesus Lima na noite dessa terça-feira, 03, foi entregue o Título de Cidadão Conquistense ao governador Rui Costa. O autor do requerimento do título é o vereador Rodrigo Moreira (PP)  destacou a importância do trabalho de Rui Costa no município de Vitória da conquista, … Leia Mais


Julgo quente: servidores realizam ato por melhorias salariais


Foto: BLOG DO ANDERSON

O mês de julho começou com protestos na porta da Prefeitura de Vitória da Conquista. A mobilização que acontece na manhã desta terça-feira (3) é puxado pelo SINDACS [Sindicato de Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate as Endemias da Bahia] em busca de melhorias salariais.

De acordo com Rita Suzana França Silva, a última rodada de negociações não obteve êxito. “O Governo nos ofereceu 2,76% ao salário e também 5% vale alimentação”, afirmou a sindicalista que leva o assunto para assembleia. O Município de Vitória da Conquista ainda não se manifestou sobre esse ato.


Professor Cori destaca importância do Projeto Casa da Vida


 

Durante a sessão ordinária da Câmara Municipal de Vitória da Conquista (CMVC), nesta sexta-feira, 29, o vereador Professor Cori (PT) destacou a atuação do Projeto Casa da Vida em Vitória da Conquista. Segundo o parlamentar este é um “importante projeto social”, fruto da iniciativa da Igreja Batista da Cidade, tendo à sua frente o pastor Sinvaldo Queiroz.
A Casa da Vida é uma instituição filantrópica que tem por finalidade acolher os acompanhantes dos enfermos provenientes de outros municípios, internados no Hospital Geral de Vitória da Conquista, oferecendo a eles refeições, banho, descanso e escuta especializada. Além disso, os acompanhantes têm a possibilidade de lavarem suas roupas e realizarem outras atividades que possam tornar mais salutar a sua estadia em nossa cidade.
“Quero parabenizar a Igreja Batista da Cidade. A Casa da Vida merece aplauso desta Casa e que toda comunidade de Vitória da Conquista possa colaborar”, disse o Professor Cori. “São mais de 1057 de pessoas atendidas, de aproximadamente 102 cidades da Bahia e 21 cidades de outros estados”, apontou o vereador.
O Professor Cori convidou as pessoas a colaborarem com o funcionamento da entidade. “Vamos semear esperança e manter o funcionamento da Casa da Vida”, convidou.
A Casa da Vida fica na Avenida Filipinas próximo ao Hospital Geral de Vitória da Conquista. Telefone de contato da Casa da Vida: (77) 3424-2481
Confira o pronunciamento do vereador


Transporte Coletivo: Relação incestuosa entre Prefeitura, Sindicato, Vanzeiros e Viação Vitória (Parte 19)


O prefeito de Vitória da Conquista em sua campanha eleitoral para chegar à Prefeitura, fez um grande acordo com o transporte clandestino da cidade e prometeu  aos responsáveis  por esse  “trabalho”, que ganhando a eleição, todos seriam legalizados e com isso, iriam obter uma grande renda, Após a Vitória, logo no início do mês de janeiro decretou que nenhum funcionário da Prefeitura, notadamente os lotados no departamento de trânsito poderia notificar os motoristas clandestinos, sob quaisquer pretextos e, com isso autorizou o transporte clandestino a concorrer com as empresas legalizadas.

O prefeito entendeu que poderia governar como imperador, não devendo satisfação à Câmara de Vereadores, como também ao Ministério Público e a comunidade em geral. Então o caos no setor de transporte foi instalado no município, as empresas legalizadas, acusam prejuízos financeiros e o prefeito entende que nada pode fazer e reconhece que a cidade precisa do transporte clandestino em detrimento do transporte coletivo público  regular. Nosso blog vem publicando uma série de artigos sobre  o sistema de transporte coletivo de Vitória da Conquista, veja aqui a parte 18, com o objetivo de esclarecer à população, as tramas e os interesses escusos do atual governo municipal nesse assunto. por outro lado o prefeito finge que fiscaliza a ação dos clandestinos, mas nada faz, o Ministério Público determinou o cumprimento da lei para garantir o equilíbrio necessário no setor com a proibição de veículos clandestinos explorando o serviço de transporte, mas nada foi feito pela prefeitura, e não será.  Nossa obrigação como jornalista é continuar denunciando. (mais…)


Obra de Pereira no quartel do Exército desaba; 12 dias após a inauguração


As cenas parecem de uma “guerra”. Após recente inauguração que ocorreu no dia 16 de junho, o telhado do Auditório do Tiro de Guerra 06-006 desabou na noite desta quinta-feira (28). Até o momento não há relato de feridos. A obra foi executada pela Prefeitura de Vitória da Conquista, que ainda reformou o piso, instalação elétrica, cozinha, banheiros e tubulação, entre outras coisas. A Prefeitura Municipal é responsável pelo prédio do tiro de Guerra, e o prefeito do município é seu diretor, por isso que as obras são realizadas pela Prefeitura Municipal, cabendo ao Exército a instrução militar e o armamento bélico.

Um amigo internauta comunicou o ocorrido ao nosso blog, por volta da meia noite, dando conta do desabamento do teto da repartição militar, ligamos para o jornalista Frarley Nascimento e comunicamos o fato,  Frarley é o repórter que fica a noite toda ligado e  por isso, teria as condições de in loco detalhar os fatos,  Caique santos é outro que está sempre atento aos acontecimentos da cidade. Fizeram então o trabalho necessário.

Em seu blog, o prefeito Herzem Gusmão Pereira disse estar grato a Deus por não ter ocorrido uma “tragédia” e que o fato é “lamentável e sem justificativa”. O prefeito vai solicitar ao secretário de Infra Estrutura José Antônio, “que acompanhe pessoalmente a restauração da parte que desabou e faça intervenções necessárias para que a segunda entrega das obras do Tiro de Guerra ocorra dentro da normalidade e com segurança”. (mais…)


 Prefeito Pereira é denunciado ao Ministério Público


“Prefeito de Conquista é denunciado ao Ministério Público – Leia o documento”

Empresa já escolhida antes de concluir Licitação?

O prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão (MDB), foi denunciado ao Ministério Público da Bahia por  improbidade administrativa em processo de Licitação. A denúncia foi protocolada no último dia 25, pelo Deputado Federal Jorge Solla (PT).

O Blog do Caique Santos teve acesso à íntegra do documento, que questiona a lisura no processo de contratação da empresa Lumibrasil no evento ‘Natal 2017’. O contrato foi de R$ 120 mil. O documento entregue ao Ministério Público, alega que a Prefeitura, através da EMURC, realizou a contratação de lâmpadas, luzes e iluminações para decorar a praça Tancredo Neves e Mármore Neto no último Natal, sem respeitar a fase Externa do procedimento licitatório, justamente aquela que torna pública a Licitação, essencial para que haja a concorrência entre as empresas e o poder público tenha tempo de avaliar a melhor proposta de preços e serviços.  A base da denúncia é o fato de que antes mesmo da conclusão do procedimento licitatório, o serviço de iluminação já havia sido contratado e executado.

DATAS REVELAM  A “ESTRANHEZA” DO PROCESSO

O site da Prefeitura de Conquista veiculou no dia 6 de dezembro uma informação dando conta de que os equipamentos já estavam sendo instalados e que entrariam em funcionamento no dia 8 de dezembro.  “A Praça Tancredo Neves estará completamente iluminada, de acordo com o clima natalino. Até a próxima sexta-feira, 8, já deverão estar concluídas a decoração e a iluminação, providenciadas pela Prefeitura, por meio da contratação, pela Empresa Municipal de Urbanização (Emurc), de uma empresa especializada em iluminação cênica, a Lumibrasil”, diz a matéria da Secretaria de Comunicação. Logo após o anúncio, a Prefeitura alegou que devido às fortes chuvas ocorridas no período os equipamentos de iluminação seriam inaugurados no dia 12 de dezembro de 2017.

Se os equipamentos já estariam à disposição da Prefeitura desde o dia 6 de dezembro, a lógica seria que o encerramento da disputa se desse dias antes.  No entanto, a publicação no Diário Oficial, homologada pelo presidente da EMURC, informa que o encerramento da disputa ocorreu no dia 12 de dezembro , mesmo dia que foram acesas as luzes da decoração na Praça Tancredo e 6 dias depois do site da PMVC já ter anunciado que a Lumibasil foi a vencedora.

Por isso, o documento faz diversos questionamentos: “Como tais objetos de iluminação foram instalados na praça, sendo que a contratação se deu a posteriori? Como foram obedecidas todas as regras e princípios atinentes à contratação por parte da administração pública? Qual procedimento licitatório que autoriza a contratação e publicação de bens ou serviços depois de adquiridos ou usufruídos pela administração pública?”

A denúncia conclui dizendo que “restam configurados fortíssimos indícios de clarividente violação às regras e princípios atinentes à contratação de bens, serviços e obras, bem como a vinculação aos diplomas legais, aos quais são plenamente aplicáveis à Administração Pública” e pede a “aplicação dos dispositivos do Decreto-Lei nº 201/67, bem como aqueles específicos da Lei de Improbidade Administrativa (Lei nº 8.429/92)”.

OUTRA “ESTRANHEZA”

Cache do navegador levanta mais dúvidas

(mais…)


Transporte Coletivo: Relação incestuosa entre Prefeitura, Sindicato, Vanzeiros e Viação Vitória (Parte 18)


Sindicato dos Rodoviários de Vitória da Conquista (Sintravc) decidiu encerrar a greve da categoria na Viação Vitória após promessa da empresa em escalonar o pagamento dos salários atrasados.

A decisão de suspender a greve, iniciada há oito dias, foi tomada após a direção do Sintravc ter mais uma reunião, com a direção da Viação Vitória, que fez uma proposta a categoria para quitar os salários atrasados. A frota total deve voltou a circular normalmente nessa quarta-feira (27).

Os rodoviários estão desacreditando, já que a empresa também fez a mesma promessa diante do Ministério Público do Trabalho (MPT) e não cumpriu. De acordo com o sindicato, a proposta oferecida pela empresa foi aceita por falta de outra alternativa que garantisse os salários atrasados.
Com isso, a Viação Vitória e compromete, a partir de hoje até sexta-feira, dia 29 a efetuar o adiantamento do salário de junho; até o dia 6 de julho pagar os salários de maio; até 14 de julho pagar o ticket alimentação de junho e, por fim, pagar o salário de junho entre os dias 17 e 18 de julho.
O mais interessante é que esta é décima sexta paralisação efetuada pelos empregados da Viação Vitória para garantirem os salários pelos dias trabalhados, ouvimos um empregado da empresa que nos disse que precisam fazer as paralisações por a demissão por justa causa direta que no caso de atraso de salário é possível, se tornaria pior, segundo ele, a Viação Vitória e não paga nada e que existem ex-funcionários demitidos há mais de dois anos e nada receberam de rescisão. Veja a parte 17

Por outro lado a direção da Viação Vitória declarou à TV Sudoeste que as dificuldades financeiras enfrentadas pela  empresa, decorrem da concorrência predatória do transporte clandestino que interfere diretamente  na receita da empresa. Por mais paradoxal que seja, o transporte clandestino no município, tem autorização expressa do prefeito municipal Sr. Herzem Pereira.

Governo Pereira finge fiscalização

Analisando a fala do executivo da Viação Vitória e a proposta para pagamento dos salários atrasados, verificamos que a empresa precisaria faturar no mínimo  3 milhões de reais para honrar o acordo e pagar as despesas mínimas do mês de julho, não conseguindo, é provável  que os usuários sofram com nova paralisação no início do mês de agosto.

Infelizmente a Viação Vitória se utiliza da política do cobertor curto, ” cobre a cabeça, descobre os pés”  afinal como conseguir  ” dinheiro” se a demanda não cresce, mas nesse caso a Viação Vitória e a Prefeitura agem, uma imitando a outra, o exemplo que o executivo dá à cidade no tratamento com seus credores, faz com que empresas mal administradas sigam no mesmo tom.

O vereador Coriolano Moraes, usou a tribuna da Câmara para denunciar mais uma vez a empresa de transporte veja o vídeo:

veja a matéria do site sudoestedigital a respeito do assunto:

 AMARELOU GERAL – Viação Vitória ameaça com demissões de rodoviários e sindicato recua


Sem ” São João” em Vitória da Conquista; secretárias municipais vão brincar no “São João” da capitá


Conforme divulgou o blog do Anderson,” Neste ano o Arraiá da Conquista acontece entre os dias 12 e 24 de junho, na Praça Nove de Novembro, Feirinha do Bairro Brasil, Centro Cultural Glauber Rocha e nos onze distritos da Zona Rural”. Entretanto os festejos na cidade se encerram no dia 22, a Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista conseguiu promover o mais fraco “São João” da década, já que o primeiro se deu em 2016.
O espaço Glauber Rocha não lotou nenhum dia, e aqui, nenhuma crítica a opção por artistas da cidade, mas sim a política do governo que afasta o povo de sua administração, prejudicando financeiramente e moralmente os servidores com cortes de salários e não pagamento de horas extras trabalhadas; como também mantendo sempre 60 dias de atraso nos pagamentos aos fornecedores de serviços ao município, notadamente os prestadores de serviço na área de educação.
As secretárias de Comunicação e da Cultura preferiram passar o São João em Salvador, após pela primeira vez em Vitória da Conquista o ” São João” deixou de ser comemorado do dia 23 para o dia 24, as secretárias de Comunicação, Lu Macário e Tina Rocha da Cultura, ao desembarcarem dia 23 no aeroporto Dois de julho, pelo  facebook, desejaram feliz “São João” pra nós,  assim o governo Pereira tá mudando, tá pior.