Bota o retrato do velho outra vez, bota no mesmo lugar

Vitória da Conquista cidade de grandes políticos e de grandes homens comuns, quando afirmamos isso, não nos referimos a altura física, que pode ser mesurada com uma fita métrica, nos refirmos a grandeza que não é possível mensurar com as unidades de medidas físicas conhecidas. Nossa História nos orgulha, conquistenses natos ou agregados são iguais … Leia Mais


STF deve decidir nesta quarta-feira sobre aumento de 16,38% para juízes

Ministros do Supremo Tribunal Federal têm uma reunião administrativa nesta quarta-feira, 9, para aprovar a proposta orçamentária do Judiciário para 2018; representantes de associações de juízes estão sensibilizando os ministros para incluir na previsão orçamentária o reajuste de 16,38% em seus salários; percentual é o mesmo que já consta num projeto aprovado na Câmara, mas … Leia Mais


Associação defende Janot e diz que Gilmar tem furor (mal contido)

Reuters – O presidente da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR), José Robalinho Cavalcanti, divulgou nota nesta segunda-feira em que defende o chefe do Ministério Público Federal, Rodrigo Janot, acusado mais cedo pelo ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), de ser o “procurador-geral mais desqualificado que já passou pela história” da instituição. … Leia Mais


Baianos estiveram com Temer antes de livrá-lo de investigação

Na votação, 17 baianos ajudaram a livrar o presidente do STF Fotos: Beto Barata/PR | Lúcio Bernardo Junior/ Zeca Ribeiro/ Câmara dos Deputados | Douglas Gomes / PRB na Câmara | Montagem: bahia.ba   Quatro dos 17 deputados que votaram para a acusação da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidente Michel Temer (PMDB) não … Leia Mais


O último suspiro de Rommel


Tiago Cordeiro

Erwin Rommel no Norte da África | <i>Crédito: Getty Images
Erwin Rommel no Norte da África | Crédito: Getty Images

Depois dos duelos travados na África, Erwin Rommel e Bernard Montgomery voltaram a se encontrar em junho de 1944, na Normandia. Mais uma vez, o inglês, comandante responsável pela operação em terra após o desembarque, saiu-se melhor. Responsável por organizar a mal construída defesa militar na faixa de litoral que compreendia da Dinamarca até a costa da Espanha, Rommel não teve tempo nem recursos suficientes para garantir a retaliação às Forças aliadas. Além disso, o marechal e seu comandante não se entenderam a respeito da melhor estratégia a ser adotada. O debate confundiu Hitler e provocou uma confusão que limitou ainda mais o poder de reação do Eixo.

+ O Dia D em imagens

+ O passo a passo do Dia D

Desde março de 1942, o responsável pelas defesas no front ocidental era o marechal-de-campo Karl von Rundstedt. Naquele mês, Hitler estabeleceu uma estratégia para rechaçar qualquer ataque: fortes deveriam ser construídos em todos os setores costeiros que permitissem desembarques. Caso um deles fosse vazado pelos aliados, tropas localizadas em áreas próximas à costa deveriam estar de prontidão para contra-atacar. Em primeiro de maio de 1943, a Alemanha deveria ter 300 mil homens guardando 15 mil bases de concreto.

Acontece que Rundstedt contava com apenas 60 divisões para defender 5,4 mil quilômetros de costa – e esses homens, em grande parte, eram soldados debilitados por outros confrontos, principalmente no front russo, e até por prisioneiros de guerra. Havia, portanto, uma divisão para cada 90 quilômetros, quando Rundstedt dizia que, num plano ideal, ele deveria contar com uma para cada 5 quilômetros. Em 1944, na França, o Eixo contava com soldados de 26 diferentes nacionalidades. A confusão era grande. Quando assumiu a função de inspecionar e melhorar esta linha de defesa, sob o comando de Rundstedt, em novembro de 1943, Rommel ficou inconformado com o que viu e começou uma corrida contra o tempo para minimizar os furos da longa barreira alemã.

O general estabeleceu um plano para criar um sistema complexo de obstáculos nas praias, que impedisse a passagem de barcos de fundo chato. Também queria lançar ao mar 50 milhões de minas e transformar as praias em grandes áreas de campos minados.

(mais…)


Em defesa, prefeitura ataca pais: ‘Nem servem para carregar mochilas?’


Por meio de nota, Secretaria Municipal de Educação ressaltou “economicidade” do material, que custou R$ 11,40 cada

Foto: Reprodução/Whatsapp
Foto: Reprodução/Whatsapp

 

Ao se defender sobre a polêmica das mochilas gigantes entregues aos alunos da rede pública de ensino, a Prefeitura de Jequié, em nota divulgada no Facebook da instituição, questionou os pais das crianças “se não servem nem para carregar as mochilas”.

Ao citar dados do Ministério da Saúde, a Secretaria Municipal de Educação ressaltou que uma criança não pode carregar mais que 10% do seu peso. “Sendo assim, parece que não tem como entregar a uma criança de creche uma mochila com tamanho ideal. Acreditamos que crianças de creche, tradicionalmente, não podem e não devem carregar suas mochilas que às vezes contêm roupa, toalha, fralda, merenda, etc. Ou será que estas pessoas querem afirmar que os pais de hoje não estão servindo nem pra carregar a mochila de seus filhos?”, questionou.

Ainda no comunicado, a prefeitura ressaltou a “economicidade” das mochilas que, segundo a administração municipal, custou R$ 11,40 cada.


Janot pede STF para anular decisões de Gilmar Mendes sobre Eike e afastá-lo do caso


A Procuradoria Geral da República (PGR) enviou pedido ao Supremo Tribunal Federal (STF) para que o ministro Gilmar Mendes deixe a relatoria de um habeas corpus no qual concedeu liberdade ao empresário Eike Batista. Além disso, Janot quer a anulação de todas as decisões sobre o habeas corpus, incluindo a que mandou soltar o empresário.

No último dia 28, Eike obteve liberdade no STF após três meses de prisão por conta de investigação em que é suspeito de pagar propina ao ex-governador do Rio de Janeiro Sergio Cabral em troca de contratos no estado.

O pedido de Janot foi enviado à presidente da Corte, Cármen Lúcia, para ser pautada em plenário e ser decidido pelos 11 ministros.

O procurador alega que Gilmar Mendes não poderia atuar na causa porque sua esposa, Guiomar Mendes, trabalha no escritório de advocacia de Sérgio Bermudes, que defende Eike Batista.

“Em situações como essa há inequivocamente razões concretas, fundadas e legítimas para duvidar da imparcialidade do juiz, resultando da atuação indevida do julgador no caso”, diz Janot no pedido.

“A situação evidencia o comprometimento da parcialidade do relator do habeas corpus […] tendo ele incidido em hipótese de impedimento ou, no minimo, de suspeição. Por tal motivo, suscita-se a presente arguição contra o ministro Gilmar Ferreira Mendes, a fim de se reconhecer a sua incompatibilidade para funcionar no processo em questão, bem como para que se declare a nulidade dos atos decisórios por ele praticados”, afirma.

(mais…)


Pereira visita creche para 250 alunos, inaugurada por Guilherme, “bota” defeito e se contradiz, veja


Na tarde desta terça-feira, 2, a creche Boa Vista recebeu uma visita especial.  O prefeito Herzem Gusmão Pereira e a vice-prefeita Irma Lemos foram conhecer a estrutura do local, conversar com funcionários e ouvir demandas da comunidade estudantil. Na ocasião, também puderam assistir a uma apresentação de dança e teatro dos alunos.

Foram visitadas a Praça CEUs, no Alto Maron, creches e quadras em construção nos bairros Vila América, Simão, Miro Cairo, e a Escola Municipal Maria Célia Ferraz. O Blog estava lá

Recentemente, a creche Boa Vista recebeu um investimento da Fundação Abrinq, por meio do programa “Creche Para Todas as Crianças”. O espaço recebeu novas instalações para a sala de jogos, sala de leitura e parque infantil, além de doações de livros e jogos.

“Programamos essa visita para demonstrar à Abrinq o nosso apreço e o nosso carinho para com esse investimento que Conquista recebe”, afirmou o prefeito Herzem Gusmão. Na oportunidade, ele também destacou a preocupação do Governo Municipal em investir em educação para as crianças: “Todas as creches que estão inacabadas terão a construção retomada e serão  entregues à comunidade.”  Afirmação mentirosa, essa por exemplo não está, já que o próprio prefeito afirma isso, ademais a Abrinq que premiou a administração anterior, jamais daria um prêmio para obra inacabada  (mais…)


Hospital Esaú Matos: Médico quis dar alta à paciente de risco, pelo telefone


 

Hospital referência em gravidez e parto de alto risco, o Hospital Esaú Matos atende a pacientes de todo o Brasil, veja o relato de um irmão de uma paciente necessitando de um apreço da Secretaria de Saúde de Vitória da Conquista, abaixo o relato:
Paulo Nunes, boa noite.

Me desculpe pelo horário, mas gostaria encarecidamente que o amigo me ajudasse para divulgar aos órgãos competentes e à população de Vitória da Conquista-Ba, o que está ocorrendo no Hospital Municipal Esaú Matos

Vamos ver o que a secretária de saúde tem a dizer em relação às gestão de seus profissionais.
O hospital possui uma ótima estrutura de atendimento neonatal e apresenta ótimos profissionais, e deveremos deixar claro que a informação que irei passar não inclui todos os profissionais que atuam no hospital, mas deveremos separar o joio do trigo. Entre os profissionais que atuam no hospital temos alguns que simplesmente não aparecem em seus dias de plantão, há um médico cardiologista que não comparece a seus plantões desde o dia 14/04.
Minha irmã precisou realizar um parto de emergência dia 17/04, devido ao minhaisou
[18:44, 30/4/2017] +55 74 8803-7481: Devido à riscos cardíacos para o bebê, que apresentar a arritmia injustificada e sem motivo aparente, o parto ocorreu como o planeja e ocorreu tudo bem consigo cirurgia. O problema é que o cardiologista especialista que deveria avaliar o bebê e analisa a necessidade de transferência para o bebê ou de alta simplesmente não comparece aos seus plantões. Na última sexta- feira, dia de plantão do cardiologista, e que mais uma vez não apareceu, um dos médicos que trabalham ligou para ele explicando a necessidade de sua consulta e avaliação ao bebê, o ausente teve a cara de pau de querer dar alta ao bebê por telefone, mas o médico presente não se responsabilizou e disse que ele teria que vir pessoalmente assinar o prontuário do paciente. O médico cardiologista em questão é o dr. Genário Judson Lacerda, especialista em cardiologia pediátrica e pediatria, CRM-BA 20400. (mais…)


Acordo entre Governo da Bahia e MDSA garante acesso ao crédito de comunidades tradicionais


A Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater), órgão vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), promove em Salvador, a Oficina Estadual de Formação do Programa de Fomento a Atividades Produtivas Rurais. O objetivo do evento é apresentar e debater critérios, metodologias, prazos e procedimentos para acesso ao Crédito Fomento, ação executada a partir do Acordo de Cooperação Técnica entre a Bahiater/SDR, a Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi) e o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA), com a finalidade de ampliar a articulação de políticas públicas complementares, direcionadas às famílias de comunidades e povos tradicionais, atendidas pelo serviço de assistência técnica e extensão rural (ATER).

O Acordo de Cooperação prevê a concessão do crédito, por meio do Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais, no valor total de R$ 2,4 mil, dividido em duas parcelas, de R$ 1.400,00 e R$ 1.000,00, para o desenvolvimento de atividades produtivas, para um total de 4.843 famílias atendidas pelos contratos de ATER, oriundos das chamadas públicas da Bahiater, realizadas em parceria com a Sepromi.

O evento, que teve início na quarta-feira (26) e termina nesta quinta-feira (27), conta com a participação de entidades prestadoras de ATER, selecionadas pelos editais da Bahiater. A abertura contou com a participação da superintendente da Bahiater, Célia Watanabe, do coordenador geral de Povos e Comunidades Tradicionais do (MDSA), Milton Nascimento e do coordenador executivo de Políticas para Povos e Comunidades Tradicionais da Sepromi, Claudio Rodrigues. (mais…)


Odebrecht pagou 50 milhões de reais para Cunha sabotar Dilma


Tijolaço

Começam a aparecer os sinais de que a Odebrecht se meteu numa conspiração com a turma do PMDB, capitaneada por Michel Temer e Eduardo Cunha, para detonar a autoridade política de Dilma Rousseff na presidência.

Fica-se sabendo, por uma pequena nota no Valor, de uma pequena pérola de R$ 50 milhões , não mencionados por Marcelo Odebrecht, dados pela empreiteira a Eduardo Cunha para que comprasse apoio para minar a posição de Dilma Rousseff, contrária à entrada de Furnas no negócio da Hidrelétrica do Jirau, em Rondônia, em 2009.

““Doutor Marcelo [Odebrecht] me deu o número de R$ 50 milhões para eu colocar na mesa como oferecimento ao doutor deputado Eduardo Cunha para que ele, com esse dinheiro, buscasse o apoio político a critério dele, buscasse distribuir de tal forma que obtivesse o apoio político necessário para neutralizar esta ação, principalmente da Casa Civil”, disse o o ex-presidente da Odebrecht Energia,  Henrique Valladares, em sua delação premiada.

A Casa Civil, à época, era comandada por Dilma Rousseff.

(mais…)