Cori afirma que Reforma da Previdência só vai beneficiar aos banqueiros

Durante a Sessão Ordinária desta sexta-feira, 03, o vereador Prof. Cori (PT) fez o uso da tribuna para falar sobre a nova Reforma da Previdência do governo federal. Segundo o parlamentar, os maiores beneficiados da reforma, no Brasil, serão os banqueiros e que o governo de Jair Bolsonaro utiliza justificativas falsas para conseguir a aprovação … Leia Mais


Rui entrega recuperação de 47 quilômetros da BA-245 em Marcionílio Souza

  O turismo, o escoamento da produção rural, a circulação de mercadorias pesadas, como móveis e materiais de construção nos municípios da Chapada Diamantina, estão facilitadas com a recuperação do trecho da BA-245, entregue pelo governador Rui Costa nesta quarta-feira (17), em Marcionílio Souza. O governador diz ter orgulho de inaugurar mais 47 quilômetros de … Leia Mais




Omissão do Judiciário leva à morte uma em cada 10 vítimas de tortura, diz relatório

Intitulado “Tortura em Tempos de Encarceramento em Massa”, um relatório produzido e divulgado neste fim de semana pela Pastoral Carcerária denuncia a omissão do Judiciário em termos de investigação, punição e reparação sobre ocorrências de tortura no sistema carcerário. O trabalho monitorou denúncias de 175 casos de tortura nos últimos quatro anos, sem que qualquer um deles tenha … Leia Mais


Chanceler de Bolsonaro diz que maduro não será convidado para posse


O futuro ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, afirmou neste domingo (16), em sua conta no Twitter, que o presidente venezuelano Nicolás Maduro não foi convidado para a posse do presidente eleito, Jair Bolsonaro, no dia 1º de janeiro; a atitude pode antecipar um rompimento de relações diplomáticas, já que é uma demonstração de hostilidade. Os termos da comunicação de Araújo no Twitter são ofensivos e uma provocação

 O futuro ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, afirmou neste domingo (16), em sua conta no Twitter, que o presidente venezuelano Nicolás Maduro não foi convidado para a posse do presidente eleito, Jair Bolsonaro, no dia 1º de janeiro.

A atitude pode antecipar um rompimento de relações diplomáticas, já que é uma demonstração de hostilidade. Os termos da comunicação de Araújo no Twitter são ofensivos e uma provocação.

“Em respeito ao povo venezuelano, não convidamos Nicolás Maduro para a posse do PR Bolsonaro. Não há lugar para Maduro numa celebração da democracia e do triunfo da vontade popular brasileira. Todos os países do mundo devem deixar de apoiá-lo e unir-se para libertar a Venezuela”, escreveu em um post na rede social.

Bolsonaro e Araújo já criticaram o governo do presidente Maduro em outras ocasiões, mas disseram que o Brasil vai continuar a acolher os venezuelanos que entrarem no país.


Assessora de Bolsonaro era personal trainer de celebridades e atendia em horário de expediente; ninguém foi enganado, se elegeu pra isso mesmo


Nathalia Melo de Queiroz esteve lotada no gabinete do presidente eleito entre 2016 e 2018. Ela é filha de Fabrício José de Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro citado em relatório do Coaf.

 Ex-assessora parlamentar de Flávio Bolsonaro trabalhava como personal trainer

Ex-assessora parlamentar de Flávio Bolsonaro trabalhava como personal trainer

Às cinco da tarde do último dia 20 de abril, atletas e celebridades se reuniram para a inauguração da clínica do Dr. Márcio Tannure, chefe do departamento médico do Flamengo e especialista em medicina esportiva. Entre os convidados, o meia Diego, o ex-jogador Zico e o sambista Dudu Nobre.

Um dos destaques da nova clínica era o equipamento de eletroestimulação muscular e, para mostrar como ele funciona, estava ali a personal trainer Nat Queiroz, representando a equipe de Chico Salgado, treinador de celebridades. A mesma Nat aparece em fotos publicadas em redes sociais por artistas como Bruno Gagliasso e Bruna Marquezine.

Nat Queiroz também atende por Nathalia Melo de Queiroz, que entre dezembro de 2016 e outubro deste ano, era secretária parlamentar lotada no gabinete de Jair Bolsonaro na Câmara dos Deputados. A informação de que ela atuava como personal trainer ao mesmo tempo em que estava lotada nos gabinetes foi divulgada pelo site o Antagonista e pela Folha de São Paulo.

O nome de Nathalia se tornou público após ela aparecer no relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) que apontou uma movimentação atípica na conta do pai dela, Fabrício José de Queiroz. Fabrício foi motorista do gabinete de Flávio Bolsonaro até o último mês de outubro.

De acordo com o relatório, Nathalia, que também trabalhava no gabinete de Flávio Bolsonaro, tinha uma renda mensal de R$ 10.502,00 e transferiu, no intervalo de 13 meses, R$ 84.110,00 para uma conta do pai. As informações do Antagonista e da Folha de São Paulo foram confirmadas pelo blog, que obteve mais detalhes.

Em abril, mês da inauguração da clínica, ela ocupava no gabinete de Jair Bolsonaro na Câmara dos Deputados um posto nível SP 20, o que lhe garantia uma renda bruta mensal de R$ 10.088,42, com rendimentos líquidos de R$ 7.733,21.

(mais…)


Novo ministro do Meio Ambiente citou munição de fuzil como ‘solução’ para MST


Nas eleições, o candidato a deputado derrotado Ricardo Salles, do partido Novo, pregou “tolerância zero” contra “esquerdistas” propôs caça a javalis

Foto: Arquivo Pessoal/Instagram
Foto: Arquivo Pessoal/Instagram

 

O advogado Ricardo Salles (Novo), ex-secretário do Meio Ambiente de São Paulo na gestão de Geraldo Alckmin (PSDB), assumirá o comando do Ministério do Meio Ambiente em meio a antigas polêmicas. Além de ser alvo de ação de improbidade administrativa e ser acusado de manipular mapas de obra ambiental do Rio Tietê, nas eleições deste ano, Salles defendeu o uso de munição de fuzil contra a “esquerda” e  membros do “MST” (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra).

Derrotado nas urnas na tentativa de se eleger deputado federal em São Paulo, o “santinho” de Salles mostra a imagem de munições de arma de fogo como “solução” para diferentes problemas. Não só o “MST”, mas o líder do Movimento Endireita Brasil indicado pelo presidente eleito Jair Bolsonaro defende o extermínio da “praga do javali”.

O futuro ministro do Meio Ambiente estende a sua política de “tolerância zero” contra “roubo de trator, gado”, assim como “contra a bandidagem no campo”. O discurso adotado e o próprio número escolhido para as eleições foram motivos de crítica dentro do próprio partido Novo, que teve João Amoedo como candidato à Presidência.

Em agosto, após repercussão do “santinho” de Ricardo Salles, o Novo utilizou também o Twitter para informar que “não compactua com qualquer insinuação ou apologia à violência”. A legenda disse não aprovar a “mensagem” compartilhada pelo advogado, e que o seu pensamento “diverge” da posição tomada pelo Novo.

O número escolhido por Ricardo não foi por acaso. A munição calibre .30-06 é amplamente utilizada em fuzis ainda hoje. Ela surgiu nas forças armadas americanas na década de 60, durante a Guerra do Vietnã.


Morre José Trindade, o “bandola”, aos 88 anos


Morreu aos 88 anos o músico José Trindade, conhecido como “bandola”, numa alusão ao seu instrumento musical preferido, o bandolim.

“Bandola” acompanhava diversos músicos nos antigos carnavais de Conquista e região. Ele estava internado há cinco dias no Hospital São Vicente de Paulo, em Vitória da Conquista. O músico e vereador Danillo Kiribamba lamentou a perda em suas redes sociais. O velório acontece na Avenida Presidente Dutra, casa 1246, no Bairro Jurema.


Guilherme acha que pode surgir um novo nome do PT para 2020. “Só quero ajudar com meu conhecimento de Conquista”


Nem ele, nem José Raimundo Fontes e nem Waldenor Pereira. O PT pode ter um nome novo em 2020, na opinião do ex-prefeito Guilherme Menezes. Em conversa com o BLOG, pelo telefone, o atual coordenador do Escritório de Representação do Governo da Bahia na capital federal, onde está desde fevereiro do ano passado, afirmou que pensa em ajudar o partido na próxima eleição de prefeito e não em ser candidato. “A eleição ainda está longe, pode acontecer muita coisa até lá”, considera Guilherme.

BLOG procurou o ex-prefeito conquistense depois ter recebido um telefonema de uma fonte, que dissera ter ocorrido uma reunião entre ele e a senadora Lídice da Mata, do PSB, sobre a possibilidade de ele migrar para o partido socialista. Guilherme negou. “Não é verdade. Nunca houve isso. Eu considero muito Lídice e eu acho que ela me considera, mas nunca houve essa conversa”. Guilherme garantiu que permanece no Partido dos Trabalhadores, “sem qualquer dúvida”.

guilherme-menezes-nov016
Guilherme, ainda no gabinete de prefeito, em novembro de 2016.

Sobre 2020, quando ocorrerá nova eleição para prefeito, Guilherme Menezes disse que poderá ajudar o partido. “Eu ainda conheço muita gente em Conquista, então, participar, ajudando, auxiliando, isso está no horizonte”. Diante da observação de que o nome dele tem sido apontado como um dos candidatos mais fortes, Guilherme disse: “Tem essa coisa, mas eu sei que tem muita coisa boa para surgir também. E 2020, Giorlando, você que é muito experimentado sabe, a gente nem sabe como é que 2020 vai existir. Vamos ver 2019, o presidente tomar posse…”

Para Guilherme Menezes, o governo Bolsonaro deverá influenciar na eleição de prefeito. “Eu acho que influencia. Porque é uma ligação, até verticalizada, com esses partidos de direita e tudo”.

Falando da hipótese de ser novamente candidato a prefeito, Guilherme diz que é preciso dar um tempo. “Eu acho que tem um tempo de reflexão, mas o que eu gostaria é de poder estar auxiliando de alguma forma [na eleição de prefeito], porque, principalmente na zona rural, a gente conhece muita gente e também dentro cidade”.

SURPRESAS

Além de Guilherme, outros nomes do PT têm sido lembrados como possíveis adversários do prefeito Herzem Gusmão, no caso de este buscar a reeleição, entre eles, o deputado estadual e ex-prefeito José Raimundo Fontes e o deputado federal Waldenor Pereira, que teria sua vez em 2020. Perguntado se pode se prever as mesmas dificuldades vivenciadas em 2016, quando o ex-prefeito chegou a colocar o nome de Odyr Freire como candidato, mas retrocedeu, para evitar uma disputa prévia interna, que poderia dividir ainda mais o partido, que chegou à eleição chamuscado pelos conflitos, Guilherme Menezes respondeu que “o PT não é fácil, porque é um partido que discute tudo e tem ala majoritária…”.

(mais…)


VÍDEO: Apoiador de Bolsonaro que exibiu arma em carreata é morto a tiros por PM no Piauí


“Lá na carreata ele começou a exibir uma arma de fogo e no grupo começou a ameaçar todo mundo, querendo ordem e dizendo que não ia aceitar desaforo”, diz comandante da PM de Piracuruca, interior do Piauí.

  

Rodrigo Magalhães, de 29 anos, que exibiu uma arma durante carreata de comemoração da vitória de Jair Bolsonaro (PSL) nas eleições presidenciais na noite de domingo (28) na cidade de Piracuruca, interior do Piauí, foi morto a tiros por volta das 14h desta segunda-feira (29) após desafiar um policial militar em um grupo de whatsapp.

Segundo informações da Polícia Militar, após ostentar a arma de fogo na carreata, ele teria proferido ofensas e ameaças contra os integrantes de um grupo a favor de Bolsonaro.

“Lá na carreata ele começou a exibir uma arma de fogo e no grupo começou a ameaçar todo mundo, querendo ordem e dizendo que não ia aceitar desaforo. Nesse grupo tinha um PM que saiu em defesa dos integrantes e o Rodrigo começou a ameaçar o policial, dizendo que não tinha medo de polícia”, relata o coronel Erisvaldo Viana, comandante da PM de Piripiri. As informações são do Portal O Dia.

Após a discussão, a vítima teria marcado um lugar para confrontar o policial. No momento em que o PM pedia apoio para a guarnição local para prender Rodrigo, a vítima encontrou o policial na rua em frente ao quartel do município.

“Ele parou o carro e já desceu com a espingarda em punho. O policial verbalizou para que ele soltasse a arma diversas vezes, mas ele não soltou a arma”, conta o coronel. O policial desferiu três tiros, dois atingiram Rodrigo Magalhães na região do abdômen, que não resistiu e morreu no local.

O policial prestou depoimento na delegacia local e o comando da PM abrirá um inquérito militar para investigar a suposta prática de crime militar.

Assista ao vídeo.

 


As ruas do Brasil são de Fernando Haddad


Centenas de milhares de brasileiros e brasileiras saíram às ruas em vários pontos do País nos últimas dias para defender a democracia e a candidatura de Fernando Haddad (PT) a presidente; nesta sexta-feira (26), em Salvador, pelo menos 200 mil pessoas lotaram a orla em defesa de Haddad; por todo o País, homens, mulheres, jovens, idosos estão na luta incessante para converter indecisos, eleitores que não iriam votar e bolsonaristas não convictos a votarem no candidato petista; politicamente, Haddad já virou a eleição, mas a batalha do vira voto deve seguir até domingo (28)

Centenas de milhares de brasileiros e brasileiras saíram às ruas em vários pontos do País nos últimas dias para defender a democracia e a candidatura de Fernando Haddad (PT) a presidente.

Nesta sexta-feira (26), em Salvador, pelo menos 200 mil pessoas lotaram a orla em defesa de Haddad. Movimentos parecidos também foram feitos no Recife, em João Pessoa, em São Paulo e no Rio de Janeiro nesta semana.

Por todo o País, homens, mulheres, jovens, idosos estão na luta incessante para converter indecisos, eleitores que não iriam votar e bolsonaristas não convictos a votarem no candidato petista.

Politicamente, Haddad já virou a eleição, mas a batalha do vira voto deve seguir até domingo (28). “Obrigado a todos os brasileiros e brasileiras que estão nas ruas empenhados em fazer acontecer essa histórica virada! Domingo celebraremos juntos a vitória da democracia!”, disse Haddad pelo Twitter.