Seu recado!
Buscar por data
março 2012
D S T Q Q S S
« fev   abr »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Arquivo BPN




colegio opcao

Renuncie ao mandato, senador

Blog do Augusto Nunes

A reação do timaço de comentaristas à descoberta do lado escuro do senador Demóstenes Torres escancarou o abismo que separa o Brasil que presta do país reduzido pela Era Lula a um imenso clube dos cafajestes.

Confrontados com as ligações promíscuas entre o parlamentar do DEM goiano e o delinquente Carlinhos Cachoeira, os brasileiros decentes não engoliram as desculpas indigentes gaguejadas pelo amigo de bicheiros. Continuaram a ver as coisas como as coisas são. E enxergaram no que parecia um oposicionista engajado no combate à corrupção mais um prontuário em ação na Casa do Espanto.

Orgulha-me a leitura dos comentários que enriqueceram o primeiro post sobre Demóstenes Torres. Os textos não escondem a decepção e a perplexidade dos brasileiros que respeitam a lei, os valores morais e as normas éticas.

Mas nenhum cede à tentação de justificar o injustificável. Nenhum escorrega no farisaísmo, na hipocrisia e na pouca vergonha que orientam a contra-ofensiva que inevitavelmente mobiliza pais-da-pátria e soldados rasos quando um bandido de estimação é pilhado em flagrante.

Para o país que pensa, o que já foi revelado é suficiente para a incorporação de Demóstenes à bancada dos desmoralizados. Nenhum comentarista berrou que todos são inocentes até o julgamento do último recurso.

Ninguém exigiu mais provas, nem rabiscou outro poema celebrando o “devido processo legal”. Isso é conversa de devoto da seita que primeiro inocenta e depois canoniza todos os culpados do rebanho.

Demóstenas capitulou? Paciência. A rendição não virá, e o vazio deixado pelo desertor começa a ser preenchido pelo também goiano Pedro Taques, do PDT.

Senador em primeiro mandato, promotor público de carreira, Taques avisou nesta segunda-feira que não será indulgente com o conterrâneo com quem vivia dividindo projetos e ideias. “Vou tomar as minhas providências”, informou. “Não podemos proteger os amigos e prejudicar os inimigos”.

Leia a íntegra em Renuncie ao mandato, senador

2 respostas para “Renuncie ao mandato, senador”

  • PARABÉNS! Voce e meu representante,continue falando por todos aqueles que não tem voz nesse pais.Quem sabe não vereremos essa corja de ladroes fugindo pela porta dos fundos.

  • FALA RINDO disse:

    Augsto Nunes,

    Cada matéria sua é uma lição de ignorância Política.

    Dá pena e nojo ler matérias desse cidadão.

    Fala Rindo (que ainda tem riso prá rir desse tipo de Jornalista).

    Fala Rindo

Deixe seu comentário

Vídeos
Recomende o Blog
Apoio
Arquivos
Image and video hosting by TinyPic