Seu recado!
Buscar por data
junho 2010
D S T Q Q S S
« mai   jul »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  
Arquivo BPN



A POLÍTICA E A SECA NO NORDESTE

Por Clidemar Amorim Risério

O povo nordestino sofre dolorosamente com os efeitos da seca desde o início da povoação da região. A história nos reporta que a pior seca no Nordeste ocorreu em 1877, quando 57 mil nordestinos, tiveram a vida ceifada pela tragédia. Passaram 133 anos da catástrofe e os nossos políticos muito pouco fez ao longo do tempo para amenizar o sofrimento causado pela falta de chuvas com regularidade no Nordeste e no Norte do estado de Minas Gerais.

Lamentavelmente a única coisa que a maioria dos políticos de todas as regiões do País, construiu e colocaram em funcionamento com muita competência e perfeição foi à indústria da seca. Também pudera a referida indústria sempre assegurou e continua assegurando mandatos eletivos com bastante facilidade.

Mesmo com a criação do DNOCS e da SUDENE pelo Governo Federal, com o objetivo de combater a seca, dar para perceber que muito pouco os referidos órgãos oficiais conseguiram avançar na erradicação dos problemas causados em função das estiagens prolongadas. É de domínio público que as autarquias acima mencionadas serviram mais para formação de cabides de empregos e ajudar a manter no poder através do voto da humilhação por muitos anos a maioria dos caciques da política brasileira.

Comprovando a dura e triste realidade do desempenho minguado no combate a seca está aí em plena evidência o fantasma do “carro pipa” e outros tipos de humilhação que os nordestinos vivem no seu dia a dia. Quando será que a maioria da população da zona rural dos 1.133 municípios do semi-árido brasileiro irá se libertar dessa opressão velada que tanto agride a dignidade humana?

Em vigor há mais de treze anos, a lei número 9.433/97, assegura a todos seres humanos que vivem em nosso território nacional a consumir água potável nos padrões de qualidade exigidos pela OMS. Será quando que a população da zona rural terá o seu direito garantido perante a citada norma legal?

Em Brumado não é diferente dos demais municípios do semi-árido, vive no momento uma das piores secas dos últimos 35 anos. Não choveu geral no município nos meses das águas, e o índice pluviométrico foi muito aquém do normal.

Diante desta dura realidade a população da zona rural é a mais prejudicada e está bastante preocupada com a situação. Esquecidos pela maioria dos políticos tradicionais, principalmente quando as chuvas caem com regularidade todos desaparecem do cenário. Mas! Quando a estiagem prolongada ocorre em ano de eleição, aparecem defensores do homem do campo de todos os lados. Entram em cena de maneira oportunista: com discursos eloqüentes, debates, promessas, manifestações, reuniões, passeatas e protestos.

Amparados por uma forte pressão midiática orquestrada pela imprensa local que tenta passar para população uma realidade fictícia, realizando publicações de diversas matérias contraditórias e muitas delas tendenciosas, a respeito das dificuldades enfrentadas pelos habitantes da zona rural do município de Brumado. Atualmente nossos sertanejos estão bem mais conscientes e não acreditam mais em promessas mirabolantes de políticos que desde sempre os enganou.

Somente com medidas destinadas a fortalecer a infra-estrutura de cada município do semi-árido, especificamente com relação ao controle rigoroso dos recursos hídricos que apresentam como um fator limitante, e também investir no potencial vocacional de cada um desses municípios, visando assim, à geração de emprego e renda para promover o desenvolvimento sustentável, e melhorar a qualidade de vida do sofrido homem do campo.

Brumado-BA, 18 de junho de 2010.

Clidemar Amorim Risério.

14 respostas para “A POLÍTICA E A SECA NO NORDESTE”

  • jdean disse:

    A seca no nordeste brasileiro – Atravessa séculos,dizem que o povo está mais “politizado”.Ou será, sofisticadamente encabrestado?.Talvez,pensam – não mudarei a minha escolha dos candidatos, pois pode ser igual ou píor! – Melhor, deixar como está!

  • Juscélia Silva Souza Risério disse:

    Parabéns ao blog do Paulo Nunes, por ter acolhido e publicado o artigo do leigo cidadão brumadense Clidemar Amorim Risério. Artigo esse que expressa a verdadeira realidade da política e a seca no Nordeste.
    Brumado, 21/06/2010.

  • Marcos Pimenta disse:

    Parabéns ao blog. se em brumado essa matéria fosse proposta para ser publicada nos meios de comunicação locais com certeza não iria ser publicada porque aqui em brumado praticamente TODA imprensa, digo novamente praticamente TODA imprensa incluindo aí o site acheibrumado,está cmprometidos com os caciques políticos do PMDB local o que faz com que esse site não analise os efeitos da seca sem visão míope.parabéns ao cidadão clidemar, parabéns ao blog do Paulo Nunes, parabéns aos conquistenses por terem uma imprensa livre. que tenhamos mais consciência na próxima eleição

  • Elaine junior disse:

    Parabéns ao blog pela oportunidade de anpliar ao conhecimento de Clidemar Amorim para que apopulaçaõ fiqui mais infoirmada sobre o que aconteceu em nosso municipio. De tal forma que possamos passar a saber que quem mais passa pelo sofrimento da seca e a populaçaõ da zona rural.

  • Salvadora Rosa Pinheiro disse:

    Ótimo o artigo do meu amigo Clidemar A. Risério,ele é muito inteligente, expressou com muita clareza a realidade do povo nordestino. Parabéns amigo!

    Brumado, 28 de junho de 2010.

  • Raimundo Barbosa dos Santos disse:

    Gostei do artigo, muito coerente. Parabéns ao Blog do Paulo Nunes, pela publicação, e ao Sr. Clidemar Risério, pela autoria. Ambos, formando opinião!
    Brumado, 28/06/2010.

  • Maria de Fátima Silva Souza disse:

    Parabéns meu amigo AMORIM, gostei, muito bom seu artigo. É de verdade que se vive a vida. Viva o Dr. Paulo Nunes , por dar oportunidade de publicar um artigo de um homem leigo, porém muito inteligente. Brumado, 29/06/010.

  • Clinio Risério Santos Neto disse:

    Valeu tio Amorim, seu artigo ficou ótimo. Obrigado Dr. Paulo Nunes, pela publicação.
    Brumado, 29 de junho de 2010.

  • André Nascimento disse:

    Parabéns sgto Amorim,belíssimo artigo,vc revelou com muita propriedade o que acontece com a famosa política da seca e as influências da mídia local.

  • VOTO NULO

    Timocracia é o nome verdadeiro
    Deste sistema de feição tirana
    Que neste vasto solo brasileiro
    Engana muitos tolos; não me engana.

    Sistema puxa-saco de banqueiro,
    Que só dá privilégios à bacana,
    Que só leva ao poder quem tem dinheiro,
    Por isso, dou a ele uma banana!

    Afirmam, com tamanha hipocrisia,
    Que, no Brasil, hoje, há democracia;
    É grande farsa, e essa eu não engulo.

    Tenho nesta eleição visão altiva,
    Sigo os passos do poeta Patativa,
    Dirijo-me à urna e voto nulo.

    Roberto Santos Lima
    Brumado-BA

  • Caio Henrique silva Riserio disse:

    Parabéns pai, o artigo do senhor está excelente!!!

  • salviano disse:

    O nordeste e uma regiao nobre como quaquer outra regiao brasileira falta cuidados falta donatarios falta implementar o que e viavel

  • RENAN disse:

    O texto esta otimo, MAS para matar a curiosidade DNOCS significa departamento nacional de obras contra as secas e SUDENE significa super
    intendencia de desenvolvimento do nordeste

  • RENAN disse:

    dnocs dudene ta no terceiro paragrafo

Deixe seu comentário

Vídeos
Recomende o Blog
Apoio
Arquivos
Image and video hosting by TinyPic