Seu recado!
Buscar por data
julho 2014
D S T Q Q S S
« jun    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  
Arquivo BPN





unopar

MARIA EMILIA: “CARA DE BARATA CASCUDA”

Conhecendo razoavelmente Vitória da Conquista, já que aqui estou desde o zero ano da minha vida, confesso que vi minha cidade Paulo Nunes-3crescer, hora lentamente, hora rapidamente. As transformações que essa cidade passou em seus diversos momentos, como a República, abertura de estradas primitivas, comércio primitivo, primeiras indústrias, Estado Novo, Segunda Guerra Mundial, abertura da estrada moderna (embora parte dela em leito natural chamada Ilhéus-Lapa, ligou o Sertão Ressaca ao litoral e permitiu o intercâmbio com a Chapada Diamantina e o São Francisco), a abertura da Rio- Bahia em 1936, a chegada do Telégrafo e Correios em 32, deram voz e vez ao sertanejo daqui.
Entretanto, a pavimentação da BR-116 (Rio-Bahia) e sua inauguração em 1963, veio para dar o empurrão fundamental para o crescimento da cidade, aliado a isso, meses antes uma nova proposta política era vencedora com a eleição do jovem engenheiro Pedral Sampaio para colocar a cidade nos eixos. As transformações começaram ali. Lamentavelmente, o Golpe de Estado em 64 interrompeu esse crescimento e atrasou a cidade, no mínimo, 20 anos. Oito anos depois, a linha de modernidade capitaneada por Pedral, volta ao poder com Jadiel Matos, sucedido por Raul Ferraz, Pedral Sampaio, Murilo Mármore, Pedral Sampaio novamente, Guilherme Menezes, José Raimundo Fontes e Guilherme Menezes. Nunca mais a política de proteção das famílias poderosas aconteceu em Conquista. Devemos isso à bravura de Pedral, de romper com aquela tradição nefasta, A chegada de pessoas das mais diversas regiões do país, a cultura do café (e com isso os sindicatos dos trabalhadores rurais), uma quantidade significativa de trabalhadores autônomos, enfim, vivia a nossa terrinha a modernidade e os exploradores da mão de obra barata tiveram que reduzir seus lucros, pagando salários dignos aos trabalhadores e a distribuição de renda se fazia presente no nosso meio.
:: Leia mais e comente »

Movimentos pedem fim das relações comerciais com Israel

 

marcha1

 “Não podemos nos calar diante deste genocídio contra o povo palestino”, afirmou a secretária de Imprensa e Comunicação da CTB, Raimunda Gomes (Doquinha), durante o segundo ato unificado dos movimentos sociais pela Palestina que levou milhares às ruas de São Paulo, neste domingo (27).

marcha2
Os manifestantes exigiram o boicote imediato a Israel que, desde o dia 7 de julho, deu início a uma ofensiva militar contra a Palestina, justificando a atitude pelo fato de três colonos israelenses terem sido sequestrados e mortos, após o episódio um adolescente palestino foi queimado vivo.  :: Leia mais e comente »

Em 1970, desenvolvimento econômico foi tema central da IV Conferência

Brasília – O Brasil vivia à sombra de um regime militar há quase seis anos. Temas como o desenvolvimento do País eram frequentes em debates e seminários. Nesse sentido, em 1970, por ocasião da IV Conferência Nacional dos Advogados, centenas de profissionais da área do Direito, além de estudantes, reuniram-se em São Paulo entre 26 e 30 de outubro daquele ano para acompanharem os painéis e palestras sobre o tema.

As atividades trataram, entre outros assuntos, da vocação dos advogados para o aprimoramento da ordem jurídica como sustentação necessária ao desenvolvimento nacional. O então ministro da Justiça, Alfredo Buzaid, participou do encontro jurídico na capital paulista. O desafio da modernização nacional decorrente do desenvolvimento econômico foi outro tópico levantado pelas palestras e debates da IV Conferência Nacional dos Advogados.

Com as teses apresentadas durante o evento ficou claro que uma das preocupações mais recorrentes entre os advogados era o exercício da profissão sob o prisma das novas demandas jurídicas, fruto das transformações sociais, políticas e econômicas, sem perder de vista os ideais de liberdade, fraternidade, paz e justiça.

XXII Conferência Nacional dos Advogados

:: Leia mais e comente »

VELHA REPÚBLICA: Filha de Luiz Fux é candidata a desembargadora do TJ-RJ, mesmo sem atuação mínima exigida

Filha de Luiz Fux é candidata a desembargadora do TJ-RJ, mesmo sem atuação mínima exigida
A Ordem dos Advogados do Brasil no Rio de Janeiro (OAB-RJ) homologou os seis nomes dos advogados candidatos a uma vaga de desembargador aberta no Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ). Entre os nomes que integram a lista sêxtupla, está o da advogada Marianna Fux, filha do ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), de 33 anos.  O regimento da OAB determina que os candidatos ao cargo apresentem pelo menos cinco petições por ano, durante uma década de advocacia, para efetivar a candidatura. O primeiro documento que comprovava sua atuação no período, enviado pelo escritório onde Marianna trabalha, foi rejeitado pela OAB. A advogada, segundo a coluna Radar On-line, reuniu todas as petições para apresentar a instituição para participar do pleito. Entretanto, a filha do ministro não conseguiu comprovar que impetrou o número mínimo de petições nos anos de 2007, 2008, 2009, 2010 e 2014. Mas mesmo assim, a candidatura dela foi deferida e homologada. No próximo dia 4 de agosto, os nomes serão apresentados ao TJ-RJ, para uma nova eleição de lista tríplice. Os três nomes eleitos pelos desembargadores serão encaminhados ao governador do Rio de Janeiro, para que faça a escolha do novo desembargador daquela Corte. A votação será aberta, e aumenta a pressão dos magistrados. A candidatura de Marianna foi articulada por Fux e pelo marido dela, Hercílio Binato. A advogada é apontada como favorita no pleito. A OAB fluminense, em nota, afirmou que recebeu 38 pedidos de candidatura para o quinto constitucional. Segundo a nota, “das 38 inscrições, oito foram indeferidas pela não comprovação documental”. “Entre os 30 pedidos de candidaturas deferidos consta o de Mariana Fux, cujos documentos foram aprovados pela Comissão de Seleção e Processo de Inscrição”, esclarece a seccional da Ordem.

MOBILIDADE URBANA: Prefeitura segue com a execução das obras da rede de drenagem no Loteamento Cidade Maravilhosa

No Loteamento Cidade Maravilhosa, a população está acompanhando de perto o passo a passo das intervenções provenientes da pavimentação asfáltica. Em cada etapa, ao acompanhar os profissionais de obra atuando nas vias do loteamento, aumenta-se a expectativa pelas melhorias que serão ocasionadas em virtude da chegada do asfalto.

Na manhã desta segunda-feira, 28, os moradores acompanharam a sequência da execução da rede de drenagem. Tal procedimento é indispensável, pois torna as vias preparadas para permitir o escoamento das águas, em caso de chuvas fortes,  evitando erosões e, assim, proporcionando mais segurança à população. Essa é uma preocupação da Prefeitura em todas as intervenções de pavimentação asfáltica. :: Leia mais e comente »

Jovens fazem “rolezinho” em shopping de Conquista e são abordados pela PM

Depois de mais de 640 jovens programarem pelo Facebook um “rolezinho” no Shopping Conquista Sul, em Vitória da Conquista no Centro Sul da Bahia, no início da tarde de domingo (27), policiais militares abordaram os jovens dentro do shopping.
De acordo com informações publicadas pelo blog Itambé Agora, nenhuma situação de tumulto foi encontrada durante a abordagem. O encontro marcado pela internet dava conta de uma manifestação pacífica, mas a segurança do shopping também tentou impedir a ação.

:: Leia mais e comente »

Abrigo D. Pedro II comemora 127 anos com programação especia

Missa, apresentação de coral e almoço festivo movimentam os 74 idosos residentes no único local público voltado para maiores de 60 anos em Salvador

Abrigo Dom Pedro II

O Abrigo D. Pedro II, administrado pela Prefeitura do Salvador através da Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza (Semps), completa nesta terça- feira (29), 127 anos de fundação. Para celebrar a data, os 74 idosos vão participar dos festejos que começam às 9h, com a celebração de missa. Às 10h, é a vez da apresentação do coral “Passarinhos de Jesus”, formados pelos próprios idosos do abrigo e, ao meio-dia, acontece um almoço festivo.
Atividades – Desde janeiro de 2013, a Semps promove uma série de ações com o objetivo de fortalecer a convivência entre os idosos residentes e a população de Salvador, além de dar mais conforto e atenção a todos. Nesse período, passaram a ser oferecidas diversas atividades ocupacionais como as aulas de Música, Dança e Educação Física, que acontecem durante a semana.
Em outubro do ano passado, foi implantada uma horta nas dependências do D. Pedro II, proporcionando aos idosos a possibilidade de cultivar alimentos orgânicos. A Semps realiza também, periodicamente, obras de manutenção e readequação do prédio, a exemplo da abertura de acesso à praia para que os idosos possam tomar sol pela manhã.
História – O Abrigo D. Pedro II foi inaugurado no ano de 1887 com a denominação de Asilo de Mendicidade Santa Isabel – uma homenagem à família da Princesa Isabel, que visitou e se hospedou no local. O prédio foi construído pelo industrial baiano João Batista Machado e tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em 1980.
:: Leia mais e comente »

Pioneira da indústria alimentícia no Brasil, Cia Lorenz será leiloada no dia 04/09

Empresa de Indaial/SC, avaliada em R$ 63 milhões, teve falência decretada no ano 2000; quatro unidades da companhia continuam em operação – uma em Santa Catarina e três no Paraná

Serão leiloados, no dia 04 de setembro, os ativos da falida Companhia Lorenz, uma das pioneiras da indústria alimentícia no Brasil e produtora de matérias-primas para a indústria petrolífera. A empresa foi fundada em 1916 por Hans e Fritz Lorenz, netos do alemão Fritz Müller, estudioso da botânica brasileira e um dos primeiros cientistas a defender a teoria evolucionista de Charles Darwin. Atualmente, possui quatro unidades em operação na região Sul. Avaliada em R$ 63 milhões, a companhia tem entre seus clientes empresas como a Petrobras e outras grandes do setor.

A Cia. Lorenz foi uma das primeiras a fabricar fécula de mandioca, matéria-prima para diversos produtos alimentícios e também para a fabricação de embalagens biodegradáveis. Idealizado pelos irmãos Lorenz, o uso da mandioca foi uma alternativa à falta de fécula de batata, que era então importada da Europa em guerra. Com o passar dos anos, a companhia diversificou seu portfólio, que hoje inclui, além de amidos, bens de consumo como catchup, maioneses, doces, molhos, colas e adesivos.

Mesmo com a falência decretada no ano 2000, a Cia. Lorenz continua com quatro fábricas ativas em Indaial/SC, CiaNorte/PR, Quatro Pontes/PR e Umuarama/PR. O faturamento anual médio é de R$ 96 milhões. O valor arrecadado na venda será usado para pagar os credores da empresa – dívida estimada em R$ 99 milhões.

A decisão foi proferida pelo Juiz Dr. Orlando Luiz Zanon Junior, que nomeou a leiloeira Tatiane Duarte para administrar a venda. “A hasta pública será realizada em uma única oportunidade, não haverá segunda praça”, explica o magistrado. O leilão acontece no dia 04 de setembro, na sala de audiência da 2ª Vara Cível da comarca de Indaial/SC. Os imóveis e bens das unidades serão vendidos em um lote único.

:: Leia mais e comente »

Rui diz que fará as obras que Souto deixou de fazer quando foi governador

 

O ex-governador conhece bem o Estado, mas não cuidou da Bahia quando teve a oportunidade

Depois de dizer que conhece muito bem a Bahia e sabe detalhes de todos os grandes projetos em andamento no Estado bem como daqueles que ainda estão por começar e aos quais dará prioridade Rui Costa, candidato a governador da coligação Pra Bahia Mudar Mais, observou que Paulo Souto, quando foi governador, por duas vezes, não realizou as obras que a população baiana precisava. “Ele conhece bem o Estado, mas não cuidou da Bahia quando teve a oportunidade de fazer isto. Governou durante oito anos e só mostrou que é um péssimo gestor”, afirmou Rui, em entrevista ao Programa Que Venha o Povo, da TV Aratu, na manhã desta segunda-feira (28).

O candidato citou como exemplo as regiões de Irecê e do Oeste, nas quais ele esteve, neste final de semana, “e onde ele deixou as estradas completamente abandonadas, como testemunharam todas as pessoas com quem conversei nesses dois dias”. Na entrevista, Rui citou, como exemplo de comportamento muito diferente, algumas obras estruturantes que o governador Jaques Wagner realizou, a exemplo de oito mil quilômetros de estradas construídas e recuperadas, e outras que estão em andamento, como é o caso da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol), “uma obra de R$ 6 bilhões, que emprega hoje 10 mil pessoas e que vai interligar o Oeste da Bahia ao Sul, onde irá se encontrar com o Porto Sul, outro investimento da maior importância, de R$ 4 bilhões”. Obras que, como lembrou, o ex-governador não teve a iniciativa de procurar buscar recursos junto ao governo federal para fazer.

 “Do mesmo modo, podemos falar do metrô de Salvador”, prosseguiu Rui, “que estava há 13 anos nas mãos da Prefeitura e Paulo Souto, até onde sei, não tomou nenhuma iniciativa para resolver o problema. Foi preciso que o governador Jaques Wagner puxasse a obra para a administração estadual e colocasse o metrô para rodar. E eu tenho como projeto, estender a linha do metrô para 41 quilômetros, chegando a Lauro de Freitas. E também farei a ligação Paripe Estação da Lapa por meio do VLT (Veículo Leve sobre Trilhos), via comércio, construindo um túnel de 900 metros para chegar até a Lapa”.

:: Leia mais e comente »

Governador entrega Centro Pan-Americano de Judô em Lauro de Freitas

ginásio para o pana- bahia

O Centro Pan-Americano de Judô (CPJ), equipamento construído na praia de Ipitanga, no município de Lauro de Freitas, foi entregue nesta segunda-feira (28) à Confederação Baiana de Judô (CBJ), pelo governador Jaques Wagner e pelo ministro do Esporte, Aldo Rebelo. O empreendimento é o mais novo e moderno centro de excelência de judô construído na América do Sul e, em novembro, já recebe a seleção italiana para uma competição inaugural.

“O judô é uma formação do ser humano. São atletas centrados, com disciplina. Eu me orgulho desta ser uma das modalidades que mais medalhamos nas Olimpíadas. O judô é um elemento de educação e de formação do caráter. O centro é um templo do esporte. Não tenho dúvida que este é um investimento para o futuro”, afirmou o governador.

Construído pelo Governo da Bahia, por meio da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), em parceria com o Ministério do Esporte, a Confederação Pan-Americana de Judô e a prefeitura de Lauro de Freitas, o Centro Pan-Americano de Judô contou com um investimento de R$ 43 milhões.

Olimpíadas 2016 :: Leia mais e comente »

Três jovens morrem e outros três estão desaparecidos após afogamento no São Francisco

Três jovens morrem e outros três estão desaparecidos após afogamento no São Francisco

Foto: Folha do Vale
Três jovens morreram e outros três estão desparecidos no Rio São Francisco na cidade de Serra do Ramalho, que fica no Vale do São Francisco, região Oeste da Bahia. De acordo com a secretária de Compras da Cidade, Alda Santos, o grupo de jovens estava em um retiro de uma igreja adventista, quando resolveu brincar com uma bola próximo ao rio. “A bola caiu na água e um foi pegar. Não conseguiu voltar e os demais foram socorrer. Todos sumiram depois”,  disse Alda Santos ao Bahia Notícias. De acordo com a secretária, dois corpos foram resgatados ainda no domingo (27), quando aconteceu o incidente e mais um foi retirado das águas na manhã desta segunda-feira (28). “Desde às quatro horas da manhã de hoje equipes estão no local fazendo buscas”, informou Alda sem precisar se o Corpo de Bombeiros participa da ação. 

TERRITÓRIOS ESTRANGEIROS NO BRASIL- PRIMEIRA PARTE

Capital baiana comemora oito séculos da Língua Portuguesa com evento internacional

Valdeck Almeida de Jesus, Varenka de Fátima Araújo e Aleilton Fonseca estão entre os homenageados

 Casal  de escritores

A Literarte – Associação Internacional de Escritores e Artistas juntamente com o Núcleo de Letras e Artes de Lisboa, e Academia de Letras, Música e Artes de Salvador promovem a comemoração dos 8 séculos da Língua Portuguesa com encontro nos dias 8 e 9 de agosto de 2014, cuja programação inclui música, saraus de poesia, seminário sobre Abdias Nascimento – apresentado pela Escritora e Especialista em Literatura Afro–brasileira Cecy Barbosa Campos -, visita ao Gabinete Português de Leitura e homenagens a artistas e personalidades baianas, dentre eles: Valdeck Almeida de Jesus, Varenka de Fátima Araújo, Aleilton Fonseca, ACM Neto, Albino Rubim, Célia Sacramento, Consuelo Ponde, Luislinda Valois, Mario Cravo, Nana Caymmi, Tonho Matéria, Mestre King, Beatriz Fiquer, Cássio Cavalcante, Clara Machado, Dinorá Couto Cançado, Eulália Costa, Irma Galhardo, José Araújo, Roberto Ferrari e Sônia Nogueira.

Serão homenageadas pessoas que, de forma significativa, contribuíram com a Cultura Lusófona aqui no Brasil com repercussão nos demais países. Estarão presentes diversas delegações representando os países de Língua Portuguesa, embaixadores e diplomatas, além dos presidentes da Literarte, do Núcleo de Letras e Artes de Lisboa e da Presidente da A.L.M.A.S, Izabelle Valladares, Samuel Pimenta e Adriana Luz, respectivamente. :: Leia mais e comente »

Prefeitura realiza ações de prevenção das Hepatites Virais

CAAV CONQUISTA

Nessa segunda-feira, 28, é celebrado o Dia Mundial de Luta Contra as Hepatites Virais. Para lembrar a data, a Prefeitura de Vitória da Conquista, por meio do Centro de Atenção e Apoio à Vida Dr. David Capistrano Filho (Caav), promoverá uma semana de ações de prevenção em salões de beleza do município até a próxima quinta-feira, 31. O objetivo é conscientizar sobre a importância da higiene dos materiais utilizados por manicures, pedicures e depliadoras, visto que o contato com o sangue contaminado é a forma mais comum de hepatites virais.
Além disso, a programação conta com a realização do teste rápido de diagnóstico para hepatites virais, a oferta de vacina e a distribuição de preservativos e panfletos informativos com orientações quanto aos cuidados para a pessoa não ser contaminada com o vírus. As vacinas, assim como o tratamento das hepatites, são ofertados rotineiramente pela Rede Municipal de Saúde de Vitória da Conquista.

Transtorno desenvolvido por assédio sexual é considerado doença ocupacional

justica-do-trabalhoA Primeira Turma do Tribunal Superior do Trabalho reconheceu como doença profissional o transtorno obsessivo compulsivo (TOC) que acometeu o caixa de um supermercado de Porto Velho (RO), devido ao assédio sexual e moral que sofreu na empresa. A doença foi desencadeada porque um subgerente perseguiu o trabalhador dizendo que ele era homossexual e provocando situações constrangedoras.

“Você não fala fino, não anda rebolando, não parece ser gay, mas você é… fala logo que é e eu não conto para ninguém”, era frase que o empregado ouvia com frequência. Por dois anos sofrendo de insônia e sem conseguir dormir sequer algumas horas durante seis meses, ele comunicou a situação à empresa. Demitido sob alegação de baixo rendimento, procurou um psiquiatra que constatou a doença.

Com dor intensa e ininterrupta nos dedos, mãos e braço, tinha paralisias temporárias, esquecimentos e surtos de agressão ao próprio corpo. O médico diagnosticou ainda insônia, visão de vultos, vozes, pesadelos, tremores, dores de cabeça e tiques nervosos, que passaram a ser controlados por remédios de tarja preta. O trabalhador relatou ainda que, devido ao tratamento controlado, seu estado orgânico fica alterado, deixando-o tonto, lerdo e sem condições sequer de falar com facilidade.

O supermercado foi condenado pelo Tribunal Regional do Trabalho da 14ª Região (RO) a pagar indenização por danos morais, no valor de 50 salários mínimos (equivalente hoje a R$ 36.200,00), a ser atualizado na época do pagamento. No entanto, considerou que o TOC não é doença profissional, pois não está no rol de doenças constantes nos incisos I e II do artigo 20 da Lei 8.213/91.

TST

:: Leia mais e comente »

Vídeos
Recomende o Blog
Apoio
Arquivos
Image and video hosting by TinyPic